Ricardo Semler

ricardo-semler

 

Ricardo Semler é a pessoa que acho que mais me inspirou. Quando penso em “Bem Sucedido” é ele que me vem a mente. Uma amiga da minha mãe deu pra ela um livro dele de presente, que ficou jogado por ai, e certo dia peguei pra ler. Virei a noite lendo, não conseguia parar, e no fim já estava absolutamente fisgado pelas ideias do cara, a forma de pensar, as histórias, tudo. Comecei lendo “Você está Louco”. Depois li “Virando a Própria Mesa”, “Escola sem Sala de Aula”, “Maverick” e “The 7-day Weekend”. Até onde eu saiba isso é tudo que ele escreveu (Ah, e “Embrulhando o Peixe”, mas esse é uma coletânea de artigos basicamente). Assisti todas as palestras que pude encontrar online e li as entrevistas e textos disponíveis. Ele, querendo ou não, me introduziu no mundo da gestão participativa, mostrou o quanto é possível uma empresa ser funcional, lucrativa e consciente, pensar nas pessoas antes dos lucros, não de uma forma Hippie e exagerada, mas bem inteligente e pé no chão.


O como também faz toda a diferença. A forma que ele fala das coisas, as reflexões que teve e que acabou me instigando, a atitude de confrontar sem ser agressivo, de buscar fazer o certo, de fazer o diferente não por ser diferente ou do contra, mas com porque faz sentido, nem que seja só pra testar. O cara é foda. Ele é rico, já nasceu numa família rica e gerou mais dinheiro ainda com a empresa. Tem um estilo de vida tranquilo, se dedica a um projeto, depois passa pra alguém mais competente tocar, faz uma viagem, curte com a familia.. Tudo num equilíbrio que eu tanto admiro quanto almejo. Começou na empresa do pai, deu aulas em faculdade, depois começou a pensar mais em educação e entrou de cabeça. Repensou do zero como deveria ser a edução e porque, criou o Instituto Lumiar e começou a trabalhar com escolas democráticas, o que tem de mais atual pelo que já vi. As referências são a Escola da Ponte por exemplo, mas a profundidade do trabalho dele me surpreendeu demais. Nem tudo são flores e ele fala com tranquilidade dos projetos que deram errado. A atitude do Ricardo em relação a tudo que já vi ele comentar é muito sensata, calma e direta ao assunto. Se tem alguém que eu pretendo de alguma forma seguir as pegadas é esse cara. Pelo menos nas duas áreas que mais me interessam, gestão e educação.

Uma palestra interessante dele:
https://www.youtube.com/watch?v=Ecjl8lryUFs

###

Desafio: Pessoas que me inspiram.
Fiquei achando que escrevi pouco sobre ele, mas por outro lado acho que posts mais curtos também têm seu valor..

Anúncios