Peter Sunde

Peter_sunde_close_up.jpg

 

Peter Sunde é a mais nova pessoa que me inspira. Criou o Pirate Bay com mais 2 amigos. Assisti algumas palestras dele no youtube, li alguns artigos e tenho achado ele uma figura interessantíssima. Ele me inspirou a não só acreditar mais e tocar cada projeto meu, a chance é que alguns deem certo e outros “falhem”, mas a valorizar o humor, o fazer algo porque acho engraçado, dar esse toque nas coisas. Incrivelmente disruptivo, criativo e revolucionário. Ele começou um monte de coisas, algumas deram certo, outras nem tanto. Ele fez um projeto pra um aplicativo que iria substituir o whatsapp por exemplo, conseguiu 150 mil por crowdfunding, mas depois viu que não conseguiria competir quando o whatsapp foi adquirido por bilhões. Eles vão disponibilizar os códigos que criaram como open source.

Acho bonita a capacidade dele de seguir um fluxo. Quanto estava sendo processado pelo piratebay, uma advogada de Hollywood usou o termo “culto” pra se referir ao site e seus usuários. Ele achou interessante e ao invés de ficar irritado, foi pesquisar o assunto e descobriu um monte de questões curiosas sobre religião e as leis. Criou a religião Kopismo, onde os fieis vêem como sagrado o direito de compartilhar arquivos. Sim, ele criou uma religião só de sacanagem. E mais que isso, descobriu que o ato de se confessar é protegido em todo o mundo de qualquer tipo de espionagem (herança da força da igreja). Então definiu que na sua igreja todos os membros são padres, assim toda comunicação entre membros é secreta e protegida por lei. Existem atualmente milhares de fiéis pelo mundo e eles já realizaram até casamentos.

Como ele estava sendo perseguido pela Interpol e outras agências, se candidatou a um cargo político, apenas para ganhar imunidade parlamentar. Teve uma campanha baseada em nada, só imagens dele “seduzindo” a câmera, sem falar uma palavra sobre seu posicionamento político a campanha inteira. Uma forma de mostrar quão desinteressadas as pessoas são com política. Ficou a 700 votos de ser eleito. Mas como perdeu, foi preso e ficou 6 meses numa solitária. Nesse período, escreveu 2 sitcoms e um programa de TV, que ele já vendeu e acho que está produzindo.

Enquanto estava no Piratebay (ele saiu) mantinha uma página com os email que recebiam com ameaças exigindo que o site fosse desativado, e postavam igualmente suas respostas (como avisavam abertamente que fariam), em geral fotos de animais e um texto que terminava com um “go fuck yourselves”.

Acho curioso como muitas coisas que ele faz tem um toque de humor, mesmo que só pra ele, e me relacionei com isso de alguma forma. Me inspira também a seguir o fluxo, o que acho que tenho tentado fazer. Um cara extremamente preocupado com a sociedade, um pensador e visionário, e muito sagaz e criativo na forma que escolhe abordar os problemas que o incomodam.

Anúncios