Paramahansa Yogananda

 

Um dos livros que mais recomendei e dei de presente por algum tempo foi “Paramahansa Yogananda: A Autobiografia de um Yogue”. Ele é absolutamente incrível. Li num retiro, então estava num ambiente propício, tinha longos períodos pra refletir com calma sobre cada capítulo, e sem grandes distrações também.

Yogananda foi pra mim um dos últimos grandes Gurus que tivemos. Nesse livro ele fala de tudo, de sua infância, sua jornada espiritual, o encontro com o mestre, a vinda pro Ocidente, a busca por outros Gurus e pessoas com poderes quase mágicos. Impressionante. Poucos livros me marcaram tanto. A clareza com a qual ele fala de assuntos difíceis, a profundidade ao falar sobre espiritualidade e de desenvolvimento pessoal, a dedicação a essa vida e a conexão consigo que tinha são excepcionais, e vieram a inspirar pessoas no mundo inteiro. Ele é altamente espiritualizado mas ainda assim bem centrado, pensando em como as pessoas na época e no ocidente poderia se beneficiar de ensinamentos antigos, e como adaptar técnicas como a meditação ao dia-a-dia dos americanos por exemplo. Isso mostra um entendimento de forma e conteúdo, um respeito às tradições antigas, mas uma atitude de mudar e adaptar conforme a situação pedia.

Interessante e importante ver também os momentos de dúvidas, tristezas e medos. Mesmo um guru, um ser incrivelmente bondoso e, na minha opinião, muito centrado (acho delicado o termo “mais evoluído”) passou por desafios e ficou sem saber o que fazer.

Recomendo a todos a leitura desse livro, independente de qualquer outra coisa é uma autobiografia interessantíssima.